O mundo das ilustrações

Nos dias de hoje sempre que falamos em ilustração, no primeiro momento imaginamos aquelas famosas histórias em quadrinhos…

Afinal de contas, quem nunca leu uma história em quadrinhos?

As famosas histórias de “A turma da Mônica” fizeram sucesso, o que levou o nome de Mauricio de Souza ao reconhecimento mundial.

A fantasia de observar os personagens…

Ainda temos aquela mania de admirar determinados personagens, e isso não é só na infância com os gibis. Hoje quando assistimos séries americanas, por exemplo; começamos a observar o papel e o objetivo de cada personagem. Em questão de 1 a 2 capítulos, já colocamos em nossa mente: “Aquele personagem é o principal”.

Temos como exemplo, o seriado que atualmente é febre mundial: Game of Thrones.

No começo, pelo menos a maioria dos expectadores se identificam com Ned Stark, que até então tem papel destacado na 1º temporada. E esse seriado é interessante pois cada “casa” tem um emblema.

E essa identificação faz com que nós, telespectadores; tenhamos um conflito em escolher: Qual será a mais importante pra série?

Vale a pena torcer pelo “starks”?

A característica principal das ilustrações…

Sempre que vamos a uma lanchonete, a primeira coisa que fazemos é olhar a placa do estabelecimento. E ali está uma ilustração, bem característica daquele local:

Um sanduíche, uma pizza, um salgados… e por aí vai…

Quando você vai comprar biscoito, por exemplo; é natural que você observe primeiramente aquela embalagem. A partir daí, aquela ilustração vai ser armazenada no seu cérebro, e você vai se questionar: Vale a Pena comprar esse biscoito?

A profissionalização do design gráfico

É muito interessante a gente ler os famosos gibis, assistir séries, e observar todo aquele cenário envolvido. Para muitos de nós, parece uma coisa simples e fácil. A gente imagina que os profissionais de ilustrações, chegam pro computador e dizem:

“-Faz pra mim um cenário com essa medida, um personagem desse jeito, e as proporções desses tamanhos…”

Mas não é muito bem assim.

Isso tudo que você acompanha no mundo visual, envolve um trabalho. Milhares de profissionais na área de design fazem essas produções maravilhosas, e dependendo do serviço contratado podem gastar até meses!

Tudo que envolve profissão, exige responsabilidade. E na área de design gráfico não é diferente. O Fábio M. Júnior, por exemplo, ensina no seu curso, como fazer convite pelo celular.

Hoje também temos o trabalho de design gráfico digital, que trabalha com photoshop, editando imagens para corrigir aqueles “defeitos”visuais.

A famosa técnica do “Chroma Key”…

Você já deve ter assistido filmes famosos como: “Harry Potter”, “Os Vingadores”,etc.

Esses filmes tem uma baita produção. E o que faz com que eles se destaquem dos demais, são as maneiras de :

Produção e Pós-Produção.

Essa informação pode ser inédita, mas se eu te falar que há algo diferente na produção desses filmes. Muitos daqueles efeitos visuais, em destaque: o “cenário”; é produzido com a utilização de um fundo verde.

Observando a imagem, você se pergunta:

“Que sentido faz aquele fundo verde?”

Revelado o segredo

O verde tem a característica de anular todas as cores, com isso se você gravar um vídeo com um tecido verde, ou uma parede pintada de verde; atrás de você, você conseguirá na edição, alterar aquele cenário pelo que você desejar.

Por essa você não esperava, né?